⇒  See the language on the left-hand flag ⇐

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

ONLINE
1






11 de Maio

 

Dia 11 de Maio

Uma vez que eu compreendia a natureza de nossa FONTE do SER, poderia com confiança impor as mãos sobre um homem paralítico e levantá-lo, restituindo a sua plena saúde. Quem poderia comparar esses conhecimentos com as ridículas leis tradicionais dos Sacerdotes? Os Sacerdotes, os Fariseus e todo o resto desses religiosos embusteiros sabiam que nenhum deles poderia fazer tais coisas e, por essa razão, odiaram-me quando desafiei sua autoridade, detestaram-me pela minha força diante da oposição e insultaram-me por atrair as multidões quando alguma cura era feita e ninguém poderia negar.

Aí estava, em plena luz do dia para que todos pudessem ver, um ato de amor que os Sacerdotes asseguravam que somente Deus poderia fazer – portanto eu deveria ser filho de Satanás! E ainda mais, não viam a cura como um ato de amor, mas como uma inexplicável blasfêmia e usurpação do papel “de Deus”. Acusaram-me de “vangloriar-me” dos meus poderes mágicos, mas não podiam dizer-me como eu havia adquirido tais poderes e, portanto, decidiram que eu deveria ser um filho de Belzebu.

Agora que expliquei a situação, deve ficar claro para você que lê estas palavras – como era claro para mim naquele momento na Palestina – que a hierarquia inteira do Judaísmo era composta por homens autocentrados, confusos e cheios de auto importância que viveram unicamente de acordo com as normas e leis. Quando desafiados a usar suas mentes e seus cérebros, não puderam lidar com isso e caíram em espasmos emocionais de virulenta indignação. Era de se espantar que no momento em que fui levado ao conselho, mantivesse a tranquilidade e me negasse a comunicar com mentes tão obtusas?

Sim, realmente estive ali na Palestina, há dois mil anos. Vivi entre os homens e mulheres simples que haviam sido ensinados a temer Jeová de uma maneira muito real e que estavam obcecados com o pagamento dos sacrifícios na fogueira, para afastarem o castigo imposto pelos seus pecados. Eu fui criado e doutrinado no medo de Jeová, – mas havia nascido para despertar os Judeus do seu longo sono de mitos e falácias – para livrá-los de sua opressiva história de guerras e derramamento de sangue, de disputas e discussões, da exigência de uma cabeça pela perda de um olho, do esconder e varrer para baixo do tapete os pecados que não tinham importância se não fossem descobertos. E se fossem descobertos, então todo o peso da Lei Mosaica cairia sobre a cabeça do pecador sem compaixão ou misericórdia, nem sequer um pensamento hesitante sobre as verdadeiras circunstâncias que envolviam a transgressão.

Como eu havia nascido com a missão de abrir as mentes e os corações dos Judeus à Realidade que deu a eles a vida e o ser, desde pequeno rejeitei os ensinamentos Judaicos. Algo profundo e secreto do meu instinto espiritual rebelava-se contra a antiquíssima intenção Judaica de deixar que outro ser vivo carregasse a responsabilidade e “pagasse o preço” pela sua própria teimosia e pecado. Mais do que isso, eu não podia aceitar que um “Deus”, que supostamente havia criado tal mundo maravilhoso, se alegrasse com o sacrifício pelo fogo de parte de sua própria criação, a qual ele provia abundantemente. Era-me impossível ter respeito por tais crenças e práticas sem lógica. Depois da iluminação no deserto, cresceu apaixonadamente minha rejeição às tradições Judaicas.

Da mesma forma que vim com um corpo humano há dois mil anos para resgatar a nação Judaica de um monumento de práticas religiosas artificiais, opressivas e inventadas pelos homens, venho agora através do Canal destas Cartas, distribuídas no mundo inteiro. Venho para deixar absolutamente claro que a “Religião Cristã” de nenhuma forma reflete a minha verdadeira mensagem CRÍSTICA, nem como eu a havia ensinado na Palestina, nem neste momento, no qual as Cartas provocarão a fúria e a condenação dos “Cristãos” ortodoxos. A Religião Cristã, tal como se apresenta neste momento, é simplesmente uma miscelânea de pensamentos confusos provenientes das recordações seletivas dos meus discípulos, das conceituadas pregações de Paulo e de outros escritos antigos.

Mais tarde, quando faltava ao Cristianismo o efeito visual impactante dos deuses e deusas Romanos, a Religião Cristã foi ornada com recursos “teatrais convenientes” para impressionar aqueles que o Império Eclesiástico de Roma desejava atrair para o seu cercado. Posteriormente esse império impôs às pessoas crédulas tributos monetários ainda mais injustos do que os impostos exigidos pelo secular Império Romano sobre as nações conquistadas. Nem mesmo César exigia pagamento para que as almas ganhassem a sua entrada no céu!

******** 

 NotaSe quiser baixar todas as cartas para ler no Word clique aqui

Se preferir pdf, clique aqui

Se desejar comprar o livro impresso, clique  aqui

 

Meditação em Áudio

 

“Eu realmente só amo a Deus, na proporção em que amo a pessoa que menos amo” (Dorothy Day) 

Pr Aram Borges 

Sou natural de Goiânia, Go. Moro em SP desde 1983. Formei-me em teologia em Belém do Pará, e depois faculdade de teologia e psicologia em SP.  Pastorei em vários lugares do Brasil: Pará, São Paulo, Brasília, Goiânia, Palmas e São Pulo Novamente.  Sou um buscador contumaz da verdade, nunca me conformei com nada menos que a verdade. Depois de tantos anos pertencendo ao sistema religioso, observando a vida e a mensagem de todos os que, também, fazem parte  do mesmo sistema, tanto leigos quanto clérigo; sempre percebi  que a verdade pregada e vivida era sempre relativa, e não transforma de fato, a ninguém. O novo nascimento que se prega, não é verdadeiro; é um equívoco enorme. Praticamente ninguém nasce de novo, talvez um em um milhão, (não estou julgado), mas foi o que eu sempre vi e vejo. Você não? Seja sincero!  As coisas velhas nunca mudam, pois não há nova criatura. Veja neste site o que penso hoje. Continuo buscado, a jornada é longa e o caminho é infinito. Devemos ser sempre buscadores. Mas para trilhar um caminho é preciso dar o primeiro passo. Só depois de 40 anos tentado enveredar-me por esse infinito caminho da jornada eterna, eu pude dar o  primeiro passo. Quando buscamos a verdade com empenho e vamos descobrindo aos poucos, sofremos muitos impactos. Crenças e paradigmas precisão ser quebrados. E isso custa muito caro para nós. Dogmas e crenças arraigados provocam profundo sofrimento no processo emocional. Por isso a maioria prefere se apegar em suas crenças antigas, sem nunca examiná-las em profundidade, do que ter que romper com elas. Quase sempre essas crenças e dogmas são passados  de geração para geração de milênio a milênio e são aceitos sem questionamento. Jesus disse: Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará. De que verdade Jesus está falando, você já pensou nisso?  Essa verdade da qual Cristo fala é a verdade pura e cristalina, sem a manipulação do homem. Onde se pode consegui-la? Essa verdade não é encontrada em livros, sejam eles quais forem, nem em dogmas e crenças humanas. Ela só pode ser encontrada no íntimo de cada de nós. Esse íntimo é um lugar sagrado, onde só você e Deus acessam. Ninguém pode manipular ou deturpá-la, por isso a verdade emana  de uma forma plena e confiável.

*************

NOSSOS ARTIGOS

 Leia as Cartas de Cristo

Iluminação, Comunhão e Unidade

◊ Seu cérebro tem um botão “delete” capaz de apagar memórias e pensamentos indesejáveis e aqui está como usá-lo >>>Baixar

“E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará"

  Jesus Fala do Reino de Deus no Átomo - Física Quântica

 O Processo de Criação da Matéria

 Separação e Integração

◊  A Resposta do Mundo Para nós é o Resultado de Nossa Reação a Ela

◊  O Relacionamento é Um Mistério

◊   Sobre site O eu no Caminho Infinito – NA PRÁTICA

◊  Vigilância eterna é preço da liberdade

◊  Deixe a verdade ser revelada do interior

◊  Cura e Ensino Andam de Mãos Dadas

◊  Todo problema Tem uma Resposta Específica

◊  Deus fala através da consciência individual

◊  Liberdade Espiritual

◊  Atingir o estado de: Deus é tudo

◊  Verdade Específica é Universalmente Verdadeira

◊  Cumprimento – Realização

◊  Cura Sem Argumento Mental

◊  Dissolução do Sentido Material Destrói Suas Formas

◊  Erro é o sentido Material Aparecendo Como Forma

◊  Atingindo Sucesso na Cura Espiritual

◊  A Crença em Dois Poderes é o Único Mal

◊  O Essencial é o Contato Com Deus

◊  Uma maior atividade do Caminho Infinito

◊  Outros Artigos do Mesmo Autor

 ◊  A Realização de Deus Dissolve o Sentido Material