⇒  See the language on the left-hand flag ⇐

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

ONLINE
1






A Soberania de Deus e Seus Eleitos

A Soberania de Deus e Seus Eleitos

Depois de tanto refletir, viver e pesquisar, cheguei a seguinte conclusão em relação ao comportamento cristão  do eleito e a soberania de Deus:

Não somente em relação ao comportamento do cristão, mas em tudo que acontece no universo, Deus  detém toda a soberania.  Só há uma vontade soberana em todo o Universo, e esta vontade é de Deus; esta vontade é também decretiva. Nada acontece, nada mesmo, sem que esta vontade esteja no controle! Se houvesse mais uma vontade, uma se quer, que pudesse prevalecer, seja para o bem ou para o mal, independentemente dessa vontade soberana de Deus, a vontade de Deus não seria soberana. Se a vontade de Deus não fosse soberana, Deus não seria soberano e se ele não fosse soberano, tão pouco seria Deus.

Tudo que acontece conosco, acontece por ser a vontade de Deus; seja bom ou ruim; seja  atos de obediência ou de desobediência. Tudo vem de Deus. O pecado do homem só acontece dentro dessa vontade de Deus. O que foi determinado por ele, acontece e ponto. O que não foi, não acontece e ponto. Ninguém foge disso. (não entendo o porquê, mas isso é inegável por toda a Bíblia).

Jesus disse:  “Não se vendem dois pardais por um asse? E nenhum deles cairá em terra sem o consentimento de vosso Pai.  Até os cabelos da vossa cabeça estão todos contados. Não temais! Bem mais valeis do que muitos pardais” (Mt 10.29; Lc 12.7). Ora, se Deus mantem em seus cuidados  pássaros que  valiam centavos na época de Jesus  e os cabelos das nossas cabeças, será que não teria o controle de todas as coisas que acontecem em todo o Universo?  Inclusive os nossos atos, bons ou ruins?

Se eu pudesse exercer a minha vontade de uma forma independente para fazer qualquer coisa, mesmo as erradas, então, mais uma vez digo: Deus não seria soberano em tudo.

Veja essas escrituras: (A Bíblia está cheia de outras, mas vou deixar somente essas para se ter um noção do que estou escrevendo)

1) “Eu sei, ó Senhor, que não cabe ao homem determinar o seu caminho, nem ao que caminha o dirigir os seus passos”.(Jr 10.23) 

2) “Se o profeta for enganado e falar alguma coisa, fui eu, o Senhor, que enganei esse profeta; estenderei a mão contra ele e o eliminarei do meio do meu povo de Israel. {LH - Se um profeta for enganado e der uma resposta falsa, fui eu, o Senhor, quem o enganou. Eu o tirarei do meio do povo de Israel” (Ez 14.9) . Não entendo, mas é o que está escrito. O profeta é enganado cumprindo a vontade de Deus e no mesmo tempo Deus o punirá por falar engano ao povo!

3) “Sucederá algum mal à cidade, sem que o Senhor o tenha feito?” (Am 3.6)

4) Leia essa referencia com atenção Sl 139.13-18

5) Veja a história do espirito de mentira na boca dos profetas de Israel  em  (2Cr 18.1-27)

6) Em relação a morte de Jesus:

  1. a)Deus deu autoridade a Pilatos sobre Jesus para o  mandar  crucificar. (Não foi o diabo, foi o próprio Deus)  Jo 19.11  “Respondeu Jesus: Nenhuma autoridade terias sobre mim, se de cima não te fosse dada; por isso, quem me entregou a ti maior pecado tem”
  2. b)“porque verdadeiramente se ajuntaram nesta cidade contra o teu santo Servo Jesus, ao qual ungiste, Herodes e Pôncio Pilatos, com gentios e gente de Israel, para fazerem tudo o que a tua mão e o teu propósito predeterminaram” (At 4.27,28).

Vemos de uma forma bem clara nesses textos que o mal que Pilatos e os outros praticaram contra Jesus foi determinado por Deus.

  1. c)A Ação de Judas em relação à traição -  “Varões irmãos, convinha que se cumprisse a Escritura que o Espírito Santo predisse pela boca de Davi, acerca de Judas, que foi o guia daqueles que prenderam a Jesus” (At 1.16)

“Estando eu com eles no mundo, guardava-os em teu nome. Tenho guardado aqueles que tu me deste, e nenhum deles se perdeu, senão o filho da perdição, para que a Escritura se cumprisse” (Jo 17.12). Judas foi preparado de antemão para essa missão, não tinha como ser diferente, ele veio ao mundo para isso. Jesus o chamou de “filho da perdição” e Paulo chamou os não eleitos de “vasos de desonra e de  ira para perdição” e os eleitos de “vasos de honra e de misericórdia”  (Rm 9.22,23)

(1)  Veja com atenção o  contexto: (Rm 9.6-24)

v6 Não que a palavra de Deus haja faltado, porque nem todos os que são de Israel são israelitas; v7 nem por serem descendência de Abraão são todos filhos; mas: Em Isaque será chamada a tua descendência. v8 Isto é, não são os filhos da carne que são filhos de Deus, mas os filhos da promessa são contados como descendência. v9 Porque a palavra da promessa é esta: Por este tempo virei, e Sara terá um filho. v10 E não somente esta, mas também Rebeca, quando concebeu de um, de Isaque, nosso pai; v11 porque, não tendo eles ainda nascido, nem tendo feito bem ou mal (para que o propósito de Deus, segundo a eleição, ficasse firme, não por causa das obras, mas por aquele que chama), v12 foi-lhe dito a ela: O maior servirá o menor. v13 Como está escrito: Amei Jacó e aborreci Esaú. (Deus amou a Jacó e aborreceu-se de Esau, antes que eles tivessem feito alguma coisa boa  ou ruim, pois nem tinham nascido ainda!

Não dependia deles, mas de Deus) v14 Que diremos, pois? Que há injustiça da parte de Deus? De maneira nenhuma! 15 Pois diz a Moisés: Compadecer-me-ei de quem me compadecer e terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia. v16 Assim, pois, isto não depende do que quer, nem do que corre, mas de Deus, que se compadece. v17 Porque diz a Escritura a Faraó: Para isto mesmo te levantei, para em ti mostrar o meu poder e para que o meu nome seja anunciado em toda a terra. v18 Logo, pois, compadece-se de quem quer e endurece a quem quer.

(Deus levanta o homens para o bem, foi o caso de tantos, e para o mal, também de tantos, mas podemos destacar aqui o Faraó e Judas Escariotes) v19 Dir-me-ás, então: Por que se queixa ele ainda? Porquanto, quem resiste à sua vontade? v20 Mas, ó homem, quem és tu, que a Deus replicas? Porventura, a coisa formada dirá ao que a formou: Por que me fizeste assim? v21 Ou não tem o oleiro poder sobre o barro, para da mesma massa fazer um vaso para honra e outro para desonra? v22 E que direis se Deus, querendo mostrar a sua ira e dar a conhecer o seu poder, suportou com muita paciência os vasos da ira, preparados para perdição, v23 para que também desse a conhecer as riquezas da sua glória nos vasos de misericórdia, que para glória já dantes preparou. v24 os quais somos nós, a quem também chamou, não só dentre os judeus, mas também dentre os gentios?

Tudo está no pleno controle de Deus. Ele é soberano e pode fazer o que quiser e nós jamais teremos o direito de questioná-lo. Ele é DEUS!. Podemos não entender os porquês, mas devemos aceita-los sem questionamentos. Paulo já havia nos prevenido sobre isso no texto acima. Fica claro então, que tudo que acontece nesse mundo, de bom ou de ruim, acontece porque é a vontade de Deus. E não pode e nem tem como ser diferente! Deus não deve explicação e nem satisfação a  ninguém! Não precisamos entender tudo, mas precisamos aceitar tudo que vem de Deus. Deus é soberano e autossuficiente. Nunca depende de nada nem de ninguém para existir e para executar seus planos. Veja o que Paulo disse: "Ó profundidade da riqueza, tanto da sabedoria como do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis, os seus caminhos! Quem, pois, conheceu a mente do Senhor? Ou quem foi o seu conselheiro? Ou quem primeiro deu a ele para que lhe venha a ser restituído? Porque dele, e por meio dele, e para ele são todas as coisas. A ele, pois, a glória eternamente. Amém!" (Rm 11.33-36).  C. D. Cole disse:

“Todo ser deve ter base para sua existência, dentro ou fora de si mesmo. A base da existência humana é exterior; o homem não faz a sua própria existência. O homem é dependente de algo fora de si mesmo para existir, mas Deus não é dependente assim. Certo é que não compreendemos a auto  existência de Deus; é demais para o entendimento da mente finita. Mas uma pessoa que é auto existente não é um mistério tão grande para compreendermos quanto a auto existência de uma coisa, como Herbert Spencer, pensa que é nosso universo. É mais fácil ver como a matéria se deriva da mente do que ver como a mente é derivada da matéria. A base da existência de Deus não jaz na Sua vontade; mas em Sua maneira de ser. Ele não quis existir pela Sua vontade; Sua natureza é existir. Ele existe natural e, portanto, necessariamente. Ser auto existente tem por necessidade ser auto  suficiente. Deus é auto suficiente em Seu sustento, Sua glória e em Seu prazer. "Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém". Romanos 11:36. Deus contém em Si mesmo todas as excelências, perfeições e alegrias”. 

 Pr Aramisio Borges

 

“Eu realmente só amo a Deus, na proporção em que amo a pessoa que menos amo” (Dorothy Day) 

Pr Aramisio Borges 

Sou natural de Goiânia, Go. Moro em SP desde 1983. Formei-me em teologia em Belém do Pará, e depois faculdade de teologia e psicologia em SP.  Pastorei em vários lugares do Brasil: Pará, São Paulo, Brasília, Goiânia, Palmas e São Pulo Novamente.  Sou um buscador contumaz da verdade, nunca me conformei com nada menos que a verdade. Depois de tantos anos pertencendo ao sistema religioso, observando a vida e a mensagem de todos os que, também, fazem parte  do mesmo sistema, tanto leigos quanto clérigo, sempre percebi  que a verdade pregada e vivida era sempre relativa, e não transforma de fato, a ninguém. O novo nascimento que se prega, não é verdadeiro, é um equívoco enorme. Praticamente ninguém nasce de novo, talvez um em um milhão, (não estou julgado), mas foi o que eu sempre vi e vejo. Você não? Seja sincero!  As coisas velhas nunca mudam, pois não há nova criatura.

Veja neste site o que penso hoje. Continuo buscado, a jornada é longa e o caminho é infinito. Devemos ser sempre buscadores. Mas para trilhar um caminho é preciso dar o primeiro passo. Só depois de 40 anos tentado enveredar-me por esse infinito caminho da jornada eterna, eu pude dar o  primeiro passo. Quando buscamos a verdade com empenho e vamos descobrindo aos poucos, sofremos muitos impactos. Crenças e paradigmas precisão ser quebrados. E isso custa muito caro para nós. Dogmas, crenças arraigadas provocam profundo sofrimento no processo emocional. Por isso a maioria prefere se apegar em suas crenças antigas, sem nunca examiná-las em profundidade, do que ter que romper com elas. Na maioria das vezes essas crenças e dogmas são passados de milênio a milênio e são aceitos sem questionamento. Jesus disse: Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará. De que verdade Jesus está falando, você já pensou nisso?  Essa verdade da qual Cristo fala é a verdade pura e cristalina, sem a manipulação do homem. Onde se pode consegui-la? Essa verdade não é encontrada em livros, sejam eles quais forem, nem em dogmas e crenças humanas. Ela só pode ser encontrada no íntimo de cada de nós. Esse íntimo é um lugar sagrado, onde só você e Deus acessam. Ninguém pode manipular ou deturpá-lo, por isso a verdade emana  de uma forma plena e confiável.

NOSSOS ARTIGOS

Iluminação, Comunhão e Unidade

 Conheça Um Pouco Mais Da Graça De Deus

Desventurado Homem que sou!

Tudo Sobre Nosso Pleno e Perfeito Perdão

Aprenda viver bem com Deus e com seus impulsos sexuais

O que é a Graça de Deus?

O que significa a Graça de Deus?

O Evangelho da Graça de Deus

O Significado de "Fim da Lei" em Romanos 10.4

A Maravilhosa Graça de Deus

Em que dia da semana Jesus morreu?

Ef 5.18-21

Duas formas pelas quais poderíamos ser justificados

Definição do Amor

 - Como Você Define o Amor?

 - Uma abordagem diferente do amor

Coisas Oferecidas em Sacrifícios aos Ídolos

Cinco Votos para Obter Poder Espiritual

Cientista prova a Existência de Deus

Batismo e Plenitude do Espírito Santo - Parte  01

O Batismo e a Plenitude do Espírito santo - Parte 02

A agonia de Jesus na Cruz

A Unção Com óleo, hoje

A Terra que estava sem forma e vazia

A Soberania de Deus e Seus Eleitos

A  Soberania de Deus e os porqês sem respostas

A mente de Cristo em Nós

Estudos de Hebreus 6.4-8

Fé Como Um Grão de Mostarda

Mulher Vivendo o Fruto o Espírito

O Consolo de Deus na Hora do Luto

O Fruto do Espírito Santo e o Caráter Cristão

O homem foi criado para viver prazer profundo

O Padrão Bíblico de Avivamento

O Perdão dos Pecados

O que Paulo está falando em Romanos 3.1-8?

O Salvo nunca será Desqualificado

Os deuses Estranhos da Ciência Moderna

Por que não há mais apóstolos hoje?

Precisamos mais do conhecimento do Senhor

Quando tudo na vida se trava

Verdadeiramente Livres para viverem

Todo sucesso na vida cristã começa e depende do Espírito Santo

 O Único Mandamento para nós, Hoje

O Jejum é para os nossos dias?

Seu cérebro tem um botão “delete” capaz de apagar memórias e pensamentos indesejáveis e aqui está como usá-lo >>>Baixar

O que é a verdade?

Tudo Sobre Jesus