⇒  See the language on the left-hand flag ⇐

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

ONLINE
1






Dia 20 de Julho

Dia 20 de Julho

 Então me pegou com um pão recém-saído do forno nas mãos. Ela sabia que eu não havia saído de casa para comprá-lo e também que o forno não havia sido usado naquele dia. Não me disse nada, mas me olhou de forma reflexiva. Eu pude ver então as suas atitudes mudarem. Ela já não estava mais tão certa de si. Ela começava a questionar a sua própria atitude em relação a mim e também a verdade acerca das minhas afirmações: “O que realmente aconteceu com ele no deserto? Como ele poderia fazer um pão sem usar o fogo, a farinha e o fermento? O que isso significa? É ele o Messias”?

Então meu irmão feriu sua mão. Ele sentiu muita dor quando o ferimento infeccionou. Permitiu-me colocar minhas mãos em sua ferida e fazer uma oração em silêncio. Eu podia ver que ele sentia o fluxo do “Poder” entrando em sua mão, porque ele me olhou de forma estranha. “A dor foi embora”– disse brevemente. Estava mal-humorado quando se afastou. E eu sabia que ainda que tivesse sentido alívio da dor, não havia gostado de que eu fosse capaz de ajudá-lo. Senti seu ciúme.

Minha irmã havia queimado sua mão e outro irmão muitas vezes se queixava de fortes dores de cabeça. Fui capaz de curar os dois. Meus irmãos começaram a caçoar a respeito dos meus “poderes mágicos”. Perguntavam-se que mal eu poderia fazer a eles, se me irritassem. A tensão em casa aumentou e senti a tristeza de minha mãe, que ansiava pela paz no lar. Mas ela viu mudanças em meu comportamento e sentiu-se reconfortada. Eu estava mais tranquilo, visivelmente controlava minhas prováveis explosões, continha minha energia, refreava minha impaciência e já não discutia mais. Tornei-me mais atencioso, ouvindo suas queixas de mulher, ajudando-a em casa, consertando os móveis quebrados, caminhando pelas colinas até fazendas distantes para encontrar as frutas e verduras que ela queria. Cheguei a amá-la com ternura e compaixão, como uma mãe deve ser amada.

Um dia ela se aventurou a perguntar-me:

 Você ainda acredita que Jeová seja um mito?

— Jó disse que, se Jeová retirasse sua respiração, toda a carne viria abaixo. Este é o “Jeová” que vi e em quem acredito.

— Ninguém viu a Jeová! – disse ela com firmeza.

— Eu vi AQUELE que criou todas as coisas – respondi calmamente. Eu O chamo de “Pai” porque ELE é AMOR PERFEITO; um AMOR mais perfeito que o de uma mãe – acrescentei, sorrindo para ela. ELE trabalha dentro, através e para toda a SUA criação. É o “Pai” em mim quem tem trazido as coisas de que você necessita em casa e que curou a meus irmãos e irmãs tão rapidamente.

Eu podia ver que ela estava começando a entender um pouco do que eu dizia.

— E o que é o “castigo”?, perguntou-me.

— Não existe “castigo” da forma como o compreendemos. Nascemos para nos comportarmos da forma como o fazemos. Temos que encontrar uma maneira de superar nossos pensamentos e sentimentos humanos, porque estes nos separam da proteção do “PAI” e nos trazem as doenças e a miséria. Quando tivermos aprendido a superar o “eu”, então entraremos no Reino dos Céus.

Minha mãe afastou-se silenciosa, claramente ponderando sobre o que eu dissera, mas não mais com raiva. Eu sabia que ela estava meditando sobre minhas afirmações e percebi que eu estava colocando de cabeça para baixo o seu seguro e bem conhecido mundo. Ela se sentia perdida e insegura sem a sua crença num Jeová ameaçador e terrivelmente vingativo, se a humanidade fosse indisciplinada. Perguntava-se no que o mundo iria se tornar se dependesse inteiramente dos homens controlarem as suas maldades e a dos outros. Mesmo os Reis e governantes eram malvados em suas ações. Sem Jeová para reinar e castigar os pecadores, onde iríamos parar?

Enquanto restabelecia minhas forças, estudei as Escrituras cuidadosamente, para que pudesse encontrar-me com os Fariseus e Escribas de forma confiante. Também era absolutamente necessário que eu soubesse o que havia sido escrito a respeito do Messias porque estava convencido de que eu era “aquele” sobre quem os profetas haviam falado. Eu poderia verdadeiramente resgatar – salvar – as pessoas da doença, miséria e pobreza, restaurar-lhes a saúde e a prosperidade, ensinando a verdade a respeito do Reino dos Céus e a Realidade do “Pai”.

Quando me senti suficientemente preparado para sair a ensinar e curar, para agradar a minha mãe concordei em ir num sábado na sinagoga de Nazaré e falar para a congregação. Como era o costume, levantei e me foi entregue o livro de Isaías para ler. Escolhi a passagem que profetizava a vinda do Messias que viria libertar o povo Judeu de todo tipo de escravidão.

“O Espírito do Senhor está sobre mim, porque o Senhor me ungiu para pregar as boas-novas aos pobres. Ele me enviou para anunciar a libertação aos encarcerados e a recuperação da vista aos cegos, para libertar os oprimidos, para proclamar o ano da graça do Senhor.”

 ********

Nota: Se quiser baixar todas as cartas para ler no Word clique aqui

Se preferir pdf, clique aqui

Se desejar comprar o livro impresso, clique aqui

Meditação em Áudio

 

 

 

“Eu realmente só amo a Deus, na proporção em que amo a pessoa que menos amo” (Dorothy Day) 

Meu Perfil

Pastor, Teólogo, Psicólogo, Conferencista e
Formação em Coaching (Coach Espiritual).

Sou natural de Goiânia, Go. Moro em SP desde 1983. Formei-me em teologia em Belém do Pará, e depois faculdade de teologia e psicologia em SP.  Pastorei em vários lugares do Brasil: Pará, São Paulo, Brasília, Goiânia, Palmas e São Pulo Novamente.  Sou um buscador contumaz da verdade, nunca me conformei com nada menos que a verdade. Depois de tantos anos pertencendo ao sistema religioso, observando a vida e a mensagem de todos os que, também, fazem parte  do mesmo sistema, tanto leigos quanto clérigo; sempre percebi  que a verdade pregada e vivida era sempre relativa, e não transforma de fato, a ninguém. O novo nascimento que se prega, não é verdadeiro; é um equívoco enorme. Praticamente ninguém nasce de novo, talvez um em um milhão, (não estou julgado), mas foi o que eu sempre vi e vejo. Você não? Seja sincero!  As coisas velhas nunca mudam, pois não há nova criatura. Veja neste site o que penso hoje. Continuo buscado, a jornada é longa e o caminho é infinito. Devemos ser sempre buscadores. Mas para trilhar um caminho é preciso dar o primeiro passo. Só depois de 40 anos tentado enveredar-me por esse infinito caminho da jornada eterna, eu pude dar o  primeiro passo. Quando buscamos a verdade com empenho e vamos descobrindo aos poucos, sofremos muitos impactos. Crenças e paradigmas precisão ser quebrados. E isso custa muito caro para nós. Dogmas e crenças arraigados provocam profundo sofrimento no processo emocional. Por isso a maioria prefere se apegar em suas crenças antigas, sem nunca examiná-las em profundidade, do que ter que romper com elas. Quase sempre essas crenças e dogmas são passados  de geração a geração de milênio a milênio e são aceitos sem questionamento. Jesus disse: "Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará". De que verdade Jesus está falando, você já pensou nisso?  Essa verdade da qual Cristo fala é a verdade pura e cristalina, sem a manipulação do homem. Onde se pode consegui-la? Essa verdade não é encontrada em livros, sejam eles quais forem, nem em dogmas e crenças humanas. Ela só pode ser encontrada no nosso íntimo. O nosso íntimo é um lugar sagrado, onde somente nós e Deus podem acessar. Ninguém pode  invadi-lo para corromper e manipulá-lo, por isso a verdade emana dele  de uma forma plena e confiável.

*************

NOSSOS ARTIGOS

 Leia as Cartas de Cristo

Iluminação, Comunhão e Unidade

◊ Seu cérebro tem um botão “delete” capaz de apagar memórias e pensamentos indesejáveis e aqui está como usá-lo >>>Baixar

“E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará"

  Jesus Fala do Reino de Deus no Átomo - Física Quântica

 O Processo de Criação da Matéria

 Separação e Integração

◊  A Resposta do Mundo Para nós é o Resultado de Nossa Reação a Ela

◊  O Relacionamento é Um Mistério

◊   Sobre site O eu no Caminho Infinito – NA PRÁTICA

◊  Vigilância eterna é preço da liberdade

◊  Deixe a verdade ser revelada do interior

◊  Cura e Ensino Andam de Mãos Dadas

◊  Todo problema Tem uma Resposta Específica

◊  Deus fala através da consciência individual

◊  Liberdade Espiritual

◊  Atingir o estado de: Deus é tudo

◊  Verdade Específica é Universalmente Verdadeira

◊  Cumprimento – Realização

◊  Cura Sem Argumento Mental

◊  Dissolução do Sentido Material Destrói Suas Formas

◊  Erro é o sentido Material Aparecendo Como Forma

◊  Atingindo Sucesso na Cura Espiritual

◊  A Crença em Dois Poderes é o Único Mal

◊  O Essencial é o Contato Com Deus

◊  Uma maior atividade do Caminho Infinito

◊  Outros Artigos do Mesmo Autor

 ◊  A Realização de Deus Dissolve o Sentido Material