⇒  See the language on the left-hand flag ⇐

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

ONLINE
1






Dia 6 de Agosto

Dia 6 de Agosto

Tendo dito tudo isso como introdução para o relato de minhas atividades na Palestina, deixe-me levá-lo para um outro dia, dois mil anos atrás, quando o Sol brilhava, o céu estava limpo, azul claro e comecei a subir as colinas com meus discípulos, em uma tentativa de afastar-nos para descansar, meditar e orar. Mas isso não aconteceria. Tínhamos pensado em escapar, porém, apesar de dizer para as pessoas quais eram as nossas intenções, primeiro nós fomos seguidos por uns poucos, que então avisaram outros de que estávamos indo para os montes. Embora tivéssemos pedido que voltassem aos seus lares, os poucos logo se tornaram um grande grupo de pessoas que nos seguia a certa distância. Insistiam em que eu falasse com elas. Você pode se perguntar por que elas estavam tão ansiosas para me escutar.

Intuitivamente elas sabiam que eu falava palavras de VIDA.

Sempre mostrei a atividade do “Pai” ao seu redor e isto deu a elas esperança e ajudou-as a ver o mundo com um novo olhar. Falei do AMOR e elas se sentiram confortadas.

Foi por isso que pude dizer, sabendo que elas me entenderiam e que estariam de acordo comigo: “Vem a mim você que está cansado e oprimido e darei a você descanso. Meu jugo é suportável e minha carga leve.” Elas sabiam que, quando eu pronunciava estas palavras, o que fazia com frequência, estava comparando as regras e leis dos líderes Judeus com a Verdade que estava apresentando ao povo.

Então, quando as pessoas me suplicaram que ensinasse, o que poderia fazer se não sentar-me sobre uma rocha logo acima delas – e ensinar. Decidi que se elas tinham vindo de tão longe para ouvir-me, escutariam algo que recordariam e possivelmente falariam disso durante a vida toda.

Eu sabia que, apesar de tudo o que tinha dito a elas acerca do “Pai” e o “Pai Amor”, ainda tinham medo de que “Deus” as rejeitasse. Embora eu tenha tentado ajudá-las a compreender que o “Pai” de quem falava não era o “Deus” personalizado que elas adoravam, sabia muito bem que estavam confusas. Mesmo tendo dito uma e outra vez que o “Pai” estava em seu interior, continuavam preocupadas sobre receber um castigo vindo do alto por acreditarem em minhas palavras.

O que deveria ensinar naquele dia? Perguntei ao “Pai”. Então observei as cabras e as ovelhas que estavam pastando na colina sob o vigilante cuidado de seu pastor e a mensagem para esse dia me veio ao espírito. Levantei-me e falei para que se ouvisse minha voz até o fim da multidão:

— Vejam estas ovelhas e cabras pastando nas colinas. As ovelhas estão num lugar e as cabras em outro. Observem as ovelhas. São pacientes e pacíficas entre si, mesmo quando estão apertadas num canto do curral. Pastam tranquilamente, nunca reclamam o terreno que não é seu, deixam o pasto curto, mas não o estragam, o que permite que a grama se recupere depois de passarem por cima dela. E o que é mais importante, escutam a voz do seu pastor. Portanto, ele cuida bem delas. Ele as guia para os melhores pastos e dorme junto a elas durante a noite, para que não sejam atacadas por cães e ladrões.

— Agora olhem as cabras, como brigam e saltam sobre as pedras e entram em lugares difíceis ou perigosos. Devoram as sarças e a folhagem das árvores. Elas são espoliadoras. Se não fosse por sua utilidade para o homem, não haveria outro lugar para elas a não ser ficarem amarradas o dia todo ou serem enviadas para o deserto. Vejo-os aí embaixo e sei que no meio de vocês há muitas ovelhas – e que também há muitas cabras.

Houve alguns murmúrios aborrecidos, mas, em geral, as pessoas se davam empurrões e puxavam o cabelo uns dos outros, apontando as “cabras”, rindo e concordando com a cabeça. Era bom vê-los rir e assim continuei:

— Vocês podem reconhecer as ovelhas pelos seus lares, pelo modo como convivem com os vizinhos e como são vistas por toda a comunidade. Assim também vocês podem reconhecer as cabras – é possível que elas tenham muitos amigos?

Houve um forte clamor da multidão:

— Nãããooo! – seguido de muito riso.

— O pastor segue as cabras e cuida delas, ou elas têm que se cuidar sozinhas e chegar por si mesmas em casa à noite para ser ordenhadas?

De novo a multidão ria e respondia de maneiras distintas, algumas muito engraçadas e engenhosas.

— E assim é com aqueles que são ovelhas e aqueles que são cabras – vocês recebem a proteção do “Pai” se são ovelhas e não são protegidos se são cabras, porque vão teimosamente seguindo seus próprios desejos todos os dias e possivelmente deixando atrás de si um rastro de destruição. Digam-me, o “Pai” pode proteger aqueles que são cabras?

A multidão estava em silêncio, mas escutando atentamente.

— Vocês dirão então que o “Pai” está zangado com as cabras e não as protegerá, ou dirão que, assim como o pastor cuida das suas ovelhas e cuidaria das cabras se elas permitissem, o “Pai” ama as ovelhas e as cabras da mesma forma, mas não pode protegê-las igualmente por causa do comportamento natural das cabras?

********

Nota: Se quiser baixar todas as cartas para ler no Word clique aqui

Se preferir pdf, clique aqui

Se desejar comprar o livro impresso, clique aqui

 Meditação em Áudio

 

“Eu realmente só amo a Deus, na proporção em que amo a pessoa que menos amo” (Dorothy Day) 

Pr Aram Borges 

Sou natural de Goiânia, Go. Moro em SP desde 1983. Formei-me em teologia em Belém do Pará, e depois faculdade de teologia e psicologia em SP.  Pastorei em vários lugares do Brasil: Pará, São Paulo, Brasília, Goiânia, Palmas e São Pulo Novamente.  Sou um buscador contumaz da verdade, nunca me conformei com nada menos que a verdade. Depois de tantos anos pertencendo ao sistema religioso, observando a vida e a mensagem de todos os que, também, fazem parte  do mesmo sistema, tanto leigos quanto clérigo; sempre percebi  que a verdade pregada e vivida era sempre relativa, e não transforma de fato, a ninguém. O novo nascimento que se prega, não é verdadeiro; é um equívoco enorme. Praticamente ninguém nasce de novo, talvez um em um milhão, (não estou julgado), mas foi o que eu sempre vi e vejo. Você não? Seja sincero!  As coisas velhas nunca mudam, pois não há nova criatura. Veja neste site o que penso hoje. Continuo buscado, a jornada é longa e o caminho é infinito. Devemos ser sempre buscadores. Mas para trilhar um caminho é preciso dar o primeiro passo. Só depois de 40 anos tentado enveredar-me por esse infinito caminho da jornada eterna, eu pude dar o  primeiro passo. Quando buscamos a verdade com empenho e vamos descobrindo aos poucos, sofremos muitos impactos. Crenças e paradigmas precisão ser quebrados. E isso custa muito caro para nós. Dogmas e crenças arraigados provocam profundo sofrimento no processo emocional. Por isso a maioria prefere se apegar em suas crenças antigas, sem nunca examiná-las em profundidade, do que ter que romper com elas. Quase sempre essas crenças e dogmas são passados  de geração para geração de milênio a milênio e são aceitos sem questionamento. Jesus disse: Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará. De que verdade Jesus está falando, você já pensou nisso?  Essa verdade da qual Cristo fala é a verdade pura e cristalina, sem a manipulação do homem. Onde se pode consegui-la? Essa verdade não é encontrada em livros, sejam eles quais forem, nem em dogmas e crenças humanas. Ela só pode ser encontrada no íntimo de cada de nós. Esse íntimo é um lugar sagrado, onde só você e Deus acessam. Ninguém pode manipular ou deturpá-la, por isso a verdade emana  de uma forma plena e confiável.

*************

NOSSOS ARTIGOS

 Leia as Cartas de Cristo

Iluminação, Comunhão e Unidade

◊ Seu cérebro tem um botão “delete” capaz de apagar memórias e pensamentos indesejáveis e aqui está como usá-lo >>>Baixar

“E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará"

  Jesus Fala do Reino de Deus no Átomo - Física Quântica

 O Processo de Criação da Matéria

 Separação e Integração

◊  A Resposta do Mundo Para nós é o Resultado de Nossa Reação a Ela

◊  O Relacionamento é Um Mistério

◊   Sobre site O eu no Caminho Infinito – NA PRÁTICA

◊  Vigilância eterna é preço da liberdade

◊  Deixe a verdade ser revelada do interior

◊  Cura e Ensino Andam de Mãos Dadas

◊  Todo problema Tem uma Resposta Específica

◊  Deus fala através da consciência individual

◊  Liberdade Espiritual

◊  Atingir o estado de: Deus é tudo

◊  Verdade Específica é Universalmente Verdadeira

◊  Cumprimento – Realização

◊  Cura Sem Argumento Mental

◊  Dissolução do Sentido Material Destrói Suas Formas

◊  Erro é o sentido Material Aparecendo Como Forma

◊  Atingindo Sucesso na Cura Espiritual

◊  A Crença em Dois Poderes é o Único Mal

◊  O Essencial é o Contato Com Deus

◊  Uma maior atividade do Caminho Infinito

◊  Outros Artigos do Mesmo Autor

 ◊  A Realização de Deus Dissolve o Sentido Material